sexta-feira, 6 de novembro de 2009

História: Holocausto cigano

Um dos mais dramáticos episódios da história "civilizada" do século XX, prende-se com a segunda Guerra Mundial. Sinónimo de decadência moral, hipocrisia e sofrimento humano, esta guerra infligiu um dos mais duros golpes na humanidade. O nazismo teve tanta "linha solta" que conseguiu desenvolver-se numa escala global. Desta guerra todos foram/fomos vitimas, contudo quando se fala em Hitler ou II Guerra, o que vem à ideia é sempre o genocídio de judeus, contudo outros povos foram perseguidos por diversas razões, entre eles está o Povo Cigano, considerado como o segundo povo mais perseguido, logo abaixo dos judeus, mas considerados pelos próprios nazis iguais a eles no "mérito" de serem perseguidos. Em muitos casos os ciganos tiveram até um pior tratamento que os demais. Como forma de lembrar que os ciganos continuam a ser vitimas da sociedade e da "civilização" até aos dias de hoje, decidi lembrar o Holocausto Cigano.
Para os alemães, os ciganos eram párias da sociedade, uma espécie de lixo (embora o lixo estivesse muito acima, principalmente se fosse lixo alemão), e embora tivessem na sua ascendência sangue ariano, eram considerados dos mais baixos seres humanos. Os ciganos começaram a sofrer perseguições ainda antes da guerra começar e um pouco por todo o lado. Eram considerados marginais, perigosos para a causa ariana ou outra qualquer e sempre expulsos ou capturados como escravos.
Durante o poder de Hitler 600'000 ciganos foram exterminados em campos de concentração. As crianças eram separadas das mães, as mulheres forçadas a beber água salgada num jogo de ver quem ou quanto aguentariam até morrer. As condições higiénicas eram inexistente e muitas crianças padeceram com o tifo. Os homens eram forçados a trabalhar em campos de concentração até serem enviados para as câmaras de gás.
Mesmo depois de terminada a guerra os ciganos continuaram esquecidos, ninguém se lembrou deles nem de os compensar( ao contrário dos outros indivíduos que ainda hoje recebem indemnizações e memoriais em sua honra pelo que sofreram).

Alguns sitios onde podem aceder para uma descrição mais detalhada do holocausto cigano são os seguintes:




2 comentários:

Monika Soarez (Momô) disse...

Olá! Espero que continue seu projeto sim.
Sempre me interessa saber mais sobre este povo que realmente tem uma tão triste. Acredito os homens da terra sofrem e fazem sofrer em nome da cultura que identifica um povo mas também os separa... Somos todos iguais.
Obrigada pelo post. Estarei por aqui sempre que puder.
Um abraço. Muita luz no seu caminho!

Gitelles disse...

Obrigado pelas suas palavras. Como disse é pena que o que nos distingue também nos separe... Seria bom que pudéssemos manter as diferenças sem que isso influenciasse, pelo menos negativamente, as relações inter-culturais.

Obrigado por acompanhar o blogue e comentar, isso é muito incentivador por si só. Obrigado ;)